4 hábitos comuns a pessoas emocionalmente saudáveis

Várias pessoas se sentem dominadas por emoções que sabidamente lhes fazem mal e evidencia medo de mudar por reviravoltas sentimentais. Porém obter o estabilidade emocional não necessita ser uma missão tão complicado dessa maneira.

Basta realizar pequenas mudanças internas para saber trabalhar com as dificuldades em relacionamentos e ser mais feliz. Veja alguns práticas de quem é emocionalmente saudável.

4 hábitos de pessoas emocionalmente saudáveis

habitos-de-pessoas-emocionalmente-saudaveis

  • Respondem com calma

Agir usando razão e discernimento, sem se deixar tomar pela emoção do instante, faz com que você sinta que lidou melhor com a dificuldade.

A reação, ao contrário, é um estouro emocional intempestivo e faz com que nos “desconectemos” de nós mesmos.Tente se dispensar-se da situação e olhá-la de fora para ter uma melhor interpretação. Espere alguns segundos antes de anunciar o que lhe vem à cabeça.

  • Superam o passado

Elas não acham que as emoções atuais estão, de qualquer maneira, conectadas ao passado ou ao amanhã, como uma grande drama. Indivíduos emocionalmente saudáveis vivem as emoções no aqui e agora. Por exemplo, se indivíduo termina um relacionamento com elas, o dor de decepção é ressentida naquele momento.

Quem é instável pode olhar para isso como um grande fracasso total no assunto “relacionamentos”, se sentindo um arruinado, vítima do acaso no amor, ligando essa eventualidade a mais fatos do passado e transferindo essa emoção para eventuais relações futuras.

  • Sabem se respeitar

Realize, por dia, ao menos uma coisa que te faça bem. Uma coisa que você faça apenas por você. Isto é uma declaração de amor-próprio, e se deliciar dessa forma faz com que aumentem os graus de autoconfiança e diminuam os de estresse.

Pessoas equilibradas não esperam que o bem venha apenas do lado de fora; elas o praticam a elas mesmas. Saiba como ter motivação todos os dias.

  • Sabem ter gratidão

Pessoas emocionalmente fortes preferem ser agradecidas pelo que possui, em vez de reclamar ou se lamuriar por aquela coisa que não possui. É apenas um quesito de modificar o foco dos aspectos negativos para os positivos.

Gostou? Compartilhe!